DMCard DMCard

Segmento Financeira
Abrangência Nacional
Soluções Contratadas Biometria Facial, Liveness e Tipificação de documentos

Sobre a DMCard

A DMCard se posiciona como uma das principais administradoras de cartões de crédito de marca própria do país, atuando em todas as regiões do Brasil. Os cartões que ela oferece são importantes para fidelizar consumidores e aumentar as vendas dos seus clientes através do crédito facilitado.

A empresa já ultrapassou a marca de dois milhões de cartões emitidos para consumidores de mais de 5.500 lojas. Além disso, eles estão entre as 20 melhores empresas do país com excelentes índices de atendimento, certificados com o RA1000 pelo Reclame AQUI.

Roubo de identidade: um desafio a ser superado

No passado, tendo em mente o grande número de pessoas se passando por outras no momento da solicitação de crédito, a DMCard chegou a capturar fotos dos clientes para registrar e comparar com o histórico de uma base que eles estavam construindo.

Além desse processo de comparação ser manual, o método utilizado funcionava apenas para identificar consumidores recorrentes, tendo pouco retorno frente ao esforço. Segundo Wanderson Aires, Gerente de Risco na DMCard, “sem a troca de informações com outras empresas, a identificação de novos fraudadores não era possível”.

Conforme a empresa cresceu, o número de golpes de roubo de identidade ficou cada vez maior, causando prejuízos crescentes. Além disso, a área de Análise de Crédito identificou a existência de verdadeiros profissionais dedicados a fraudar.

Como a empresa visava ter alcance em todo o Brasil, eles começaram a ir atrás de soluções que pudessem beneficiar sua operação e foi nesse momento que identificaram a ascensão de uma tecnologia inovadora do mercado: o reconhecimento facial. Eles, então, buscaram fornecedores que se apoiassem em uma base de dados compartilhada e em conformidade com as leis de privacidade e proteção de dados que tivesse abrangência nacional.

A solução

Escolhendo o melhor fornecedor

Depois de testar diversos players no mercado em busca de uma solução que correspondesse a todas as exigências estabelecidas, a DMCard escolheu o AcessoBio, tecnologia de reconhecimento facial desenvolvida pela Acesso Digital para autenticação e validação de identidades

Além de demonstrar os melhores resultados no combate a roubos de identidade em diversas regiões do país, a administradora de cartões também avaliou como positiva a facilidade na gestão e integração em dispositivos diversos, como smartphones e webcams.

Essa decisão possibilitou o cadastramento das propostas de crédito mais facilmente por seus clientes, por meio de tecnologias que estão na vanguarda da transformação digital.

“A gente quer cada vez mais partir para o mobile. Já temos um aplicativo próprio onde o cadastro da proposta pode ser realizado direto do celular e o AcessoBio já está integrado”, revela Wanderson.

Atendimento rápido e de qualidade

Prezando por um atendimento rápido, desde o promotor da loja até o consumidor final, a DMCard tem uma meta, segundo o Gerente de Risco, de aprovar 88% dos clientes em até 5 minutos. Esse foi mais um ponto positivo para a Acesso Digital, já que, em poucos segundos, é realizado o processo de captura e análise da imagem, que é confrontada na maior base biométrica privada do mundo.

O processo funciona com a devolução de um Score Biométrico que define a similaridade do dado (CPF) e imagem fotográfica facial do consumidor com os dados armazenados na base, evidenciando a alta ou baixa probabilidade de autenticação daquele usuário. Ou seja, se determinada pessoa está ou não tentando se passar por outra. Essa informação permite a empresa tomar a melhor decisão ao conceder o crédito.

Wanderson Aires

“Este projeto já brilhou nossos olhos. Reduzimos o nosso tempo de análise em um terço e nossa mesa se depara com vários Scores para aprovar automaticamente. É um ganho real. Eu consigo quantificar quantas pessoas eu teria que contratar para atender esta demanda.” – Wanderson Aires


Resultados

Dinheiro

Ainda de acordo com o gerente, o resultado foi imediato e a eficiência da solução foi comprovada em poucos meses. Só no primeiro trimestre de 2019, a Acesso Digital ajudou a evitar perdas financeiras em torno de R$ 227.100,00 para a DMCard.


Up

Os prejuízos com processos jurídicos, que antes custavam em torno de R$ 3.000,00 a R$ 5.000,00 por processo (segundo a empresa), foram praticamente zerados. Tudo isso mantendo a agilidade e uma excelente experiência do cliente.


Além disso, a empresa dobrou de tamanho em um ano, sem aumentar o tamanho da equipe de análise de crédito, atingindo mais de 120 mil propostas em abril de 2019, em decorrência da otimização na política de crédito.